domingo, 14 de outubro de 2007

Lembranças...


Vou lhe cantar uma valsa,
Que saiu do nada de meus pensamentos
Vou lhe cantar uma valsa
Sobre um caso de uma noite
Você foi minha naquela noite

Foi tudo que sonhei a vida inteira
Mas agora você se foi

Você foi para longe
Foi para sua ilha de chuva
Para você foi apenas um caso de uma noite
Mas para mim você foi muito mais só para você saber
O que disseram pouco me importa
Sei o que você foi para mim naquela noite
Só quero tentar de novo só quero mais uma noite
Mesmo se não der certo
Você significou muito mais
Do que qualquer outra que já conheci.
Uma noite com você querida...
Vale mais do que mil com outra mulher

Não estou amargurado amor
Jamais esquecerei este caso de uma noite.
Mesmo amanhã nos braços de outra
Meu coração será teu até quando eu morrer
Vou lhe cantar uma valsa
Que saiu do nada de minhas tristezas
Vou lhe cantar uma valsa
Sobre aquela noite maravilhosa.


(Antes do por do sol)

Um comentário:

Pâmela disse...

Ah... que lindo!!!
Hoje eu recebi o seu e-mail,
Lembrei de vc e de suas palavras!!
Passei aqui, então
li uma linda canção de valsa
e me lembrei de seus olhos!

sinto falta de suas palavras,
elas tem um balanço adoravel!
mas oq elas passam são sentimentos tristes!
como de uma noite sem luar!

amigo!! acho lindo seus textos!!
acho incrivel tanta inspiração!!
=)
gosto muito do que vc escreve me faz refletir... muito..=)
seus textos me deixam facinada!!
cada palavra me encanta...
sinto como se o que vc escreveu eu estivesse sentindo... dentro de mim...!!

bem vou indo...=)
amigo... conta sempre comigo..!!!
eu gosto muito de vc..=)
se cuidaa!!!
beijos!!